História – Casa Levy de Pianos

Por  vários modos o nome LEVY se vincula à história da musica no Brasil. Em meados do século passado, o Patriarca da Família, Henrique Luiz Levy, de origem francesa, aporta no Brasil, com a idade de 19 anos. Em 1856 fixou-se em Campinas – SP, tornando-se amigo e hóspede da família do velho Maneco Musico, pai de Carlos Gomes, cujo gênio de compositor começava a despontar. Estimulados por H. L . Levy, Carlos Gomes e seu irmão Jose Pedro de Sant’Ana Gomes, o Juca Musico, resolvem se apresentar em público pela primeira vez. O concerto de apresentação se deu no Teatro S. Carlos de Campinas no dia 23 de Abril de 1859, com Juca Musico na Rabeca, Carlos Gomes no Piano e H.L. Levy na clarineta.

Por essa época, o jovem Carlos Gomes, o Tonico, já possuía em sua bagagem peças que, pelo seu caráter, prenunciavam a eclosão do nacionalismo musical Brasileiro. É o caso de “A Cayumba”  a primeira  dança negra do nosso repertório pianistico, datada de 1857, ou da “Fantasia sobre o romance ALta Noite”  par clarineta, cuja apresentação ficou a cargo de H.L. Levy. Acompanhando Carlos Gomes á capital paulista, onde se apresentaram novamente em concerto e posteriormente ao Rio de Janeiro, de onde Carlos Gomes se projetaria para sua celebridade internacional, H.L. Levy retorna  à capital  de S. Paulo e funda em 1860 a Casa Levy de Pianos e Musicas, existente até hoje.

Na loja de música do velho Levy, Instalada à R. da Imperatriz (hoje 15 de novembro ) n. 33, foram lançadas obras musicais que se tornaram célebres, como “A Sertaneja” de Brazilio Itibere, ou como a famosa modinha de Carlos Gomes “Quem Sabe”.levyantiga Da prole de 4 filhos, resultante do casamento com a Sra. Anne Marie Theodoreth, de origem suíça, dois rebentos do velho Levy assumiriam papel marcante na atividade musical do pais.: Alexandre Levy (1864-1892) e Luiz Henrique Levy (1861-1935) Alexandre Levy, falecido na flor da Idade, pois não chegou á completar 28 anos, é o nome que figura em nossa história musical, com Alberto Nepomuceno, como fundadores do nosso nacionalismo musical. Luiz Levy, não se dedicou com exclusividade, como o irmão Alexandre, á composição musical e ao Piano. Exímio pianista e compositor com desenvoltura e com impressionante facilidade. Luiz Levy, ao contrário do irmão Alexandre, tinha comportamento alegre e jovial, não compunha, como o irmão, para a posteridade. Daí o caráter leve, por vezes diletante á sua obra.

Dedicando-se mais ao Piano do que á composição, Luiz Levy dirigiu por muitos anos pessoalmente a Casa Levy de Pianos, que se tornou um centro de reunião dos músicos e artistas mais importantes da Paulicéia. Mencione-se ainda o mérito de ter dado ao irmão Alexandre as primeiras  noções musicais

WhatsApp chat